terça-feira, 13 de julho de 2010

Escrevi um roteiro faz muito tempo, chamado "Amarillas", ele foi escrito para a Carolinie, o Rael Barja e o Humberto Carrão. Deixei a idéia de lado. Muito tempo depois o Guga, namorado da Carol, falou que nós tinhamos que montar aquele texto. Ok. Eu falei que eles deviam fazer o que quisessem. A Carol readaptou ele, tirando várias coisas... uma das partes tiradas foi uma onde Bella, a personagem da Carol, lia um texto de um amigo desgostoso. Esse:

“O que fazer quando os olhos desejam chorar as arregaçantes dores do mundo? As lágrimas, então, dilacerariam também a pupila, a retina, a cor e o brilho? E aí vem a boca. Grande, cheia de dentes e medo. O que quer dizer? O que fazer quando ela deseja despejar seus gritos guturais e selvagens, gritos que gritem a dor daqueles que são os quase defuntos que possuem suas quase vidas calcadas na desilusão? O que fazer quando a boca quiser vomitar o nojento que corre dentro do próprio nojo? E quando os ombros não suportarem o peso elefantinóide de toda a mediocridade que roda na ciranda? O negro da vida às vezes - e só às vezes - faz sombra no que é perfume. A sorte é a disposição humana de ver com olhos doces e lubrificados de esperança. A existência é bela justamente porque existe, mesmo que seja qualquer beleza a maquiagem profunda da angústia da existência, que torna suave sua epiderme inconstante e seborréica. Ai, ai. O que fazer quando os olhos desejam chorar as arregaçantes dores do mundo?”

Tinha me esquecido que esse texto existia e que eu gostava dele. E que eu gosto dele, principalmente porque me lembra um jeito que eu escrevia e que eu perdi... enfim...

PS: Pelo o que tô vendo, esse texto vai ser filmado! Assim espero!

8 comentários:

Juliana Araújo disse...

Ansiosíssima para ver esse texto virar filme. Parabéns João vc é incrível. bjos =D

Stela disse...

Oi Jhonny, que texto lindo, esse seu jeito de escrever me arrepia a alma!
Sou sua fã, mesmo! Ah e caso não se lembre sou a menina ruiva de cabelos curtos que te pediu um autógrafo no Shopping Leblon, vc falou pra deixar um recado, e aqui estou!
Beijos e obrigada pela atenção!

Fãs Johnny disse...

Cara, seus textos são sempre muito bons! Gosto bastante deles! O legal é que são textos que te fazem refletir sabe, aqueles do youtube mesmo são bem profundos! é isso é por isso que sou seu fã! Parabéns! =D Abraço @Fco_johnny

Luciana disse...

Oi Johnny, tudo bem?
Tenho um projeto de cinema/teatro em BH que gostaria de te mandar por email pra você ler. E, se possível, autorizar. Também faço cinema em BH e este projeto, pode te interessar. Me mande um email ou me mande o seu, se possível. luciana.o.leitte@gmail.com
Muito obrigada pela atenção.

Lays Caminha disse...

Johnny
O importante é não perder a essência. Aquilo que nos motiva ,nos faz pensar sobre nós e a vida.E mesmo que os pensamentos e as idéias sejam lapidádos, nunca perderão a essência.
Gostei muito do seu texto.
Beijos

Léo disse...

muito bonito. se algum eu ver isso num filme, vou lembrar.
;-)

Igor Ercolani disse...

Johnny, meu senhor! Querido, amado e ídolatrado! Seus textos são fascinantes e achei deverás interessante! E vc está bem?
Um abraço! Te cuida

Malú disse...

Incrível texto mesmo, você escreve super bem! Sou sua fã desde Floribella, e desejo muito sucesso e felicidade na sua carreira ^^